Segurança

A Casa da Moeda adota rigorosos critérios de segurança, modernizando constantemente os seus procedimentos, de forma a garantir o total controle de acesso e trânsito em suas dependências.

A CMB possui três zonas de segurança física distintas e separadas:

A primeira é a do perímetro externo, com modernas torres de comando, algumas centenas de homens treinados no Exército e no Corpo de Fuzileiros Navais e um moderno sistema de monitoramento periférico com tecnologia de radar.

A segunda zona de segurança é delimitada pela cerca divisória, que separa a área administrativa das unidades fabris.

A terceira é localizada em cada edificação, com seu próprio sistema de bloqueio e controle de acesso de funcionários por meio de roletas com catracas eletrônicas que somente são liberadas com o uso de cartões individuais para o registro de horário de entrada e saída de pessoas. As roletas são conectadas a uma Central de Controle computadorizada. Um circuito interno de televisão controla todo o movimento de pessoas e materiais no parque fabril, bem como o acesso e o atendimento a visitantes. Os cofres, vigiados por equipes de segurança, são igualmente instrumentados.

Todos os procedimentos são adotados com o objetivo de garantir a segurança da produção, dos empregados e visitantes.